terça-feira, 25 de maio de 2010

CULPA E A BUSCA DA PERFEIÇÃO

Trechos do artigo de Antonio Roberto Soares

Por detrás de nossas tristezas e frustrações, de nossas insatisfações na vida, de nossos tédios e angustias, está um sentimento, o mais arraigado em nosso comportamento e responsável por grandes sofrimentos psicológicos, que é o sentimento de culpa, esse sentimento é o apego ao passado, é uma tristeza por alguém não ter sido como deveria, é uma tristeza por ter cometido algum erro que não deveria ter cometido.. ai vem as palavras.."não deveria"... Quanto maior for a expectativa a nosso respeito, quanto maior for o modelo perfeccionista de como deve ser a nossa vida, maior será o nosso sentimento de culpa.

A culpa é a tristeza por não sermos perfeitos, é a tristeza por não sermos Deus, por não sermos infalíveis, é um profundo sentimento de orgulho e onipotência: é uma incapacidade de lidar com o erro, com a imperfeição; é um desejo frustrado....

No tratamento psicológico existe o interesse em tirar dos seus pacientes esse sentimento, pois a culpa é um auto-desprezo,um auto-desrespeito pela natureza humana, por seus limites e pela fragilidade.

A culpa é uma vingança de nós mesmos por não termos atendido a expectativa de alguém a nosso respeito...mas aquilo que nos leva a esse sentimento, aquilo que alimenta esta nossa doença auto-destrutiva, são algumas crenças falsas.

Trabalhar nosso sentimento de culpa é, primordialmente, descobrir as convicções falsas que existem em nós, aquelas verdades que cremos e que são errônes, e nos levam a esse sentimento.....

Translate

Seguidores

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Postagens populares