sexta-feira, 19 de junho de 2015

O que é BIOFEEDBACK?

Definição: “O Biofeedback é um processo que permite a um indivíduo aprender a mudar sua atividade fisiológica para os fins de melhorar a saúde e o desempenho. Instrumentos precisos medem a atividade fisiológica, tais como ondas cerebrais, a função cardíaca, respiração, atividade muscular e temperatura da pele. Com rapidez e precisão estes instrumentos de informação dão o “feedback” para o usuário. A apresentação dessas informações – muitas vezes em conjunto com as mudanças no pensamento, emoções e comportamento – possibilita as desejadas mudanças fisiológicas. Com o tempo, essas alterações podem perdurar sem o uso contínuo de um instrumento.”
Biofeedback é uma terapia não-farmacológica de tratamento que usa instrumentos científicos para medir, ampliar e dar feedback de informações fisiológicas do paciente que estão sendo monitoradas.  Essas informações auxiliam o paciente na obtenção da auto-regulação deste processo fisiológico.  O principal objetivo das terapias de biofeedback é a auto-regulação de mecanismos autônomos, sendo que as informações facilitam aprender o controle fisiológico, assim como o feedback facilita a aprendizagem de qualquer habilidade.
O Biofeedback é um processo de condicionamento operante no qual os pacientes aprendem a ganhar autocontrole sobre as funções fisiológicas (por exemplo, a atividade muscular, respiração, batimento cardíaco), que normalmente não são conscientemente percebias ou controladas.
Por exemplo, no tratamento da hipertensão, eletrodos de superfície são usados para fornecer ao paciente informações sobre a temperatura da pele e tensão muscular. O feedback dá informações ao paciente durante o treinamento, sendo que ele aprende a aquecer a pele (por dilatação arterial) e relaxar os músculos. Isto é geralmente acompanhado por uma redução da pressão arterial.  Neste exemplo, a tecnologia do biofeedback fornece informações que seriam inacessíveis para o paciente. A terapia de biofeedback envolve sempre um terapeuta, um paciente e um equipamento instrumental capaz de fornecer informações fisiológicas precisas.  Modalidades de biofeedback são variadas.  Dependendo do objetivo do treinamento, os clínicos podem utilizar sensores que detectam a parâmetros como a temperatura da pele, atividade muscular, batimento cardíaco, respiração, condutividade da pele, ou atividade cerebral.
O tipo de biofeedback que usa uma medida derivada da atividade elétrica cerebral é chamado de neurofeedback ou EEG biofeedback. O fluxo de informações é então apresentado ao paciente de uma forma que permite ao paciente perceber mudanças em sua atividade fisiológica em tempo real.  Mudanças reais, alcançadas pelo paciente, na direção desejada são recompensadas, isto é, positivamente reforçadas.  As informações podem ser apresentadas ao paciente através de estímulos auditivos, visuais, numéricos, displays gráficos ou jogos.  O treinamento de neurofeedback exige que os pacientes observem as suas respostas fisiológicas em detalhe e tentem aprender a alterá-las. Isso leva tempo e esforço. O completo treinamento com neurofeedback geralmente compreende uma média de 30–60 sessões de 45–50 minutos de duração.

Translate

Seguidores

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Postagens populares